%

Oceanos

História

Com curadoria e gestão da Oceanos Cultura, o Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa foi criado no Brasil em 2003, inicialmente com o nome de Prêmio Portugal Telecom de Literatura Brasileira.

Desde então, há 20 anos, o prêmio vem ampliando a cada edição sua abrangência, para se tornar uma das principais referências no cenário literário dos países de língua portuguesa.

Em 2015, com a saída da Portugal Telecom do Brasil, o Banco Itaú assumiu os investimentos, e o Itaú Cultural, a gestão da tecnologia digital que integrou virtualmente os diferentes atores do prêmio: editores, escritores, coordenadores, curadores e jurados. Nesse ano, o prêmio passou a se chamar Oceanos, e com a tecnologia pôde contemplar o conjunto de livros publicados em língua portuguesa em todo o mundo.

Um prêmio transnacional

O Oceanos torna-se, assim, um prêmio transnacional, de estrutura democrática e representativa em suas dinâmicas de seleção e avaliação, contando com curadores de várias nacionalidades e um corpo de jurados composto por especialistas da África, do Brasil e de Portugal.

Em sinergia com esse movimento multicultural, o prêmio tem somado novos parceiros, em vários países, como o Ministério da Cultura de Portugal e da Direção-Geral dos Livros e das Bibliotecas (DGLAB), desde 2017; o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde e o apoio institucional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), desde 2019; e, desde 2021, a parceria do Ministério da Cultura e Turismo de Moçambique e do Fundo Bibliográfico de Língua Portuguesa (FBLP), com sede em Moçambique.

Ainda no ano de 2021, uma parceria com o Instituto Cultural Vale passou a viabilizar, anualmente, o mapeamento dos autores, editoras e livros inscritos no prêmio, fortalecendo, assim, os laços culturais entre os países da CPLP e contribuindo com uma ampla pesquisa sobre a literatura e o mercado editorial em países de língua portuguesa.

Números da
edição 2023
2.658 Livros inscritos
487 Editoras
12 Nacionalidades de autores publicados em Angola, Brasil, Cabo Verde, Estados Unidos, Itália, Moçambique, Portugal e Reino Unido
2022

Vencedores do prêmio

Líbano, labirinto
Líbano, labirinto, de Alexandra Lucas Coelho Crônica portuguesa Editorial Caminho

Vencedores do prêmio

Museu da Revolução
Museu da Revolução, de João Paulo Borges Coelho Romance moçambicano Editorial Caminho e Kapulana
O som do rugido da onça
O som do rugido da onça, de Micheliny Verunschk Romance brasileiro Companhia das Letras
2021
O ausente
O ausente, de Edimilson de Almeida Pereira Romance brasileiro Relicário
O osso do meio
O osso do meio, de Gonçalo M. Tavares Romance português Relógio D’Água
O plantador de abóboras
O plantador de abóboras, de Luís Cardoso Romance timorense abysmo e Todavia
2020
Torto arado
Torto arado, de Itamar Vieira Junior Romance brasileiro Todavia e LeYa
A visão das plantas
A visão das plantas, de Djaimilia Pereira de Almeida Romance português Relógio D’Água e Todavia
Carta à rainha louca
Carta à rainha louca, de Maria Valéria Rezende Romance brasileiro Alfaguara e Nós Portugal
2019
Luanda, Lisboa, Paraíso
Luanda, Lisboa, Paraíso, de Djaimilia Pereira de Almeida Romance português Companhia das Letras
Eliete – A vida normal
Eliete – A vida normal, de Dulce Maria Cardoso Romance português Tinta-da-China e Todavia
Sorte
Sorte, de Nara Vidal Romance brasileiro Moinhos
2018
Câmera lenta
Câmera lenta, de Marília Garcia Poesia brasileira Companhia das Letras
Hoje estarás comigo no Paraíso
Hoje estarás comigo no Paraíso, de Bruno Vieira Amaral Romance português Quetzal e Companhia das Letras
A noite imóvel
A noite imóvel, de Luís Quintais Poesia portuguesa Assírio & Alvim
2017
Karen
Karen, de Ana Teresa Pereira Romance português Relógio D’Água e Todavia
Machado
Machado, de Silviano Santiago Romance brasileiro Companhia das Letras
Golpe de teatro
Golpe de teatro, de Helder Moura Pereira Poesia portuguesa Assírio & Alvim
2016
Galveias
Galveias, de José Luís Peixoto Romance português Companhia das Letras
A resistência
A resistência, de Julián Fuks Romance brasileiro Companhia das Letras
O livro das semelhanças
O livro das semelhanças, de Ana Martins Marques Poesia brasileira Companhia das Letras
2015
Mil Rosas Roubadas
Mil Rosas Roubadas, de Silviano Santiago Romance brasileiro Companhia das Letras
Por Escrito
Por Escrito, de Elvira Vigna Romance brasileiro Companhia das Letras
A Primeira História Do Mundo
A Primeira História Do Mundo, de Alberto Mussa Romance brasileiro Record

Este site usa cookies para fornecer a funcionalidade necessária do site, melhorar sua experiência e analisar nosso tráfego. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e uso de cookies.